Quais as principais causas da falta de engajamento dos alunos?

Quais as principais causas da falta de engajamento dos alunos?

  • 0
  • 21 de março de 2018

As principais causas para a falta de engajamento dos alunos podem ter a ver com a instituição de ensino, os professores e um marketing digital para educação pouco estratégico.

Procure entender a percepção dos alunos da instituição sobre si. Os motivos da falta de engajamento dos alunos podem afetar não só o desenvolvimento profissional destes, mas o da empresa, uma vez que não fidelizado ao sistema de ensino, a vivência em ambiente acadêmico pode construir uma memória maçante. Por isso, é importante compreender em quais aspectos e as posturas correspondentes que os estudantes esperam da empresa:

  • Trace perfis. Quem são seus estudantes? Muito além da idade e cursos em que estão inscritos, é relevante compreender os interesses em comum com outras disciplinas, quais bandeiras levantam, o que buscam realizar com suas formações etc.;
  • Segmente para unir. Interaja com todos os grupos inseridos na instituição e busque alternativas para aproximá-la também daqueles que não participam ativamente de projetos e ações no ambiente acadêmico. Que tal propor novas formas de utilizar o espaço, promover palestras, encontros, estimular outros conhecimentos em áreas distintas, interação entre os sujeitos? Dessa forma, fica mais fácil criar não só um laço entre indivíduo e ensino mas oportunidades de engajamento offline, maior motivação e, consequentemente, participação online;
  • Segmente para auxiliar. Analise as especificidades das personas traçadas e ofereça o que pedem suas demandas. Evite que os seus alunos sintam-se impelidos a procurar em outros locais o que deveriam encontrar na sua empresa. Assim, conquiste credibilidade e confira segurança mostrando prontidão de atendimento e comprometimento com o ensino prestado. Deixe tudo à mão dos interessados e reafirme a marca.
  • Observe a concorrência. O que o público-alvo pensa sobre as demais empresas do segmento? Capte a essência de suas ações com impactos positivos no que diz respeito ao engajamento e as adapte, re-trabalhe e desenvolva a seu favor.

Para auxiliar nessa tarefa, aposte no marketing digital para empresas de educação e aproprie-se das redes sociais a favor da interação com os seus clientes.

Botando a mão na massa: como driblar a falta de engajamento dos alunos

Caso esteja evidente a distância entre si e seus clientes, a solução pode vir por meio de uma estratégia de estreitamento dos laços e medidas de valorização do ensino:

  • Mantenha seu blog, site e redes sociais atualizados e alinhados. Disponibilize conteúdos personalizados de acordo com os subgrupos que compõem o público-alvo, além de adaptá-los para cada mídia. Aproveite os stories do Instagram e o feed de notícias do Facebook para engajar conteúdos relevantes, promover enquetes e gerar debates pertinentes. Fique de olho em outras redes sociais que possam interessar aos estudantes. Também vale promover questionários em landing pages para estabelecer um fio de contato direto com eles, a fim de abrir espaço para ouvir o que têm a dizer. Utilize a oportunidade para melhorar a experiência do usuário, oferecendo adaptações de acordo com as reclamações e sugestões feitas. Além disso, otimize o canal segmentando conteúdos relevantes para as turmas de cada ano dos cursos disponíveis;
  • Mantenha a coordenação próxima dos alunos durante toda a graduação. Convide todos os grupos formados pelos estudantes, de centros acadêmicos à grupos de pesquisa, para reunir-se em palestras, semanas de debates, etc. Mantê-los por perto pode motivá-los e abrir espaço para diálogo, além de criar uma imagem de parceria e satisfação;
  • Nem só de conteúdo acadêmico vivem (e devem) viver os estudantes. Mostre que a instituição compreender a rotina dos alunos e se preocupa em ajudá-lo a melhorar a experiência nesse período. Já pensou em alimentar um canal de vídeos em plataformas como o Youtube e Vimeo que forneçam serviços como tirar dúvidas, dicas de especialistas para montar estratégias de estudo, relaxamento, anti-estresse, etc? Mire em digital influencers que estão bombando e aborde temas que têm a ver com o seu público;
  • Disponibilize playlists personalizadas para cada comemoração da instituição, o carnaval, jogos estudantis e até mesmo para focar no estudo. Spotify, Deezer e outras plataformas estão aí para te ajudar.

Explore novas ideias de interação com o marketing digital para educação. Uma estratégia consistente poderá colocar a empresa lado a lado com seus clientes para solucionar a falta de engajamento dos alunos.

Leave a Reply

Deixe seu comentário abaixo

[contact-form-7 id="14318" title="Fale com a Lilian Rios (Fim de Post)"]
Lilian Rios

Fale com a Lilian Rios

Especialista Inbound Marketing

o