[Planejamento 2017] Não tenha uma página no Facebook porque precisa ter: atue nas redes sociais de forma eficiente

[Planejamento 2017] Não tenha uma página no Facebook porque precisa ter: atue nas redes sociais de forma eficiente

  • 4
  • 7 de dezembro de 2016

* Você está preparado para mais um blog post especial sobre Planejamento de Marketing Digital para 2017? Se ainda não teve oportunidade de ler a nossa série, já abordamos conteúdo, vendas, otimização e conversão e remarketing. Agora é hora de falarmos sobre Redes Sociais!

Quem nunca se pegou dando uma pesquisada na página de alguma empresa no Facebook antes de realizar uma compra? Ou até mesmo comprando algo que viu em alguma rede social? O leque de opções e situações de compras ou desistências que eu poderia citar aqui são infinitos, mas sabe o mais interessante nisso tudo? A maioria delas envolve alguma rede social, para o bem ou para o mal.

Não tenha uma página no Facebook porque precisa ter: atue nas redes sociais de forma eficiente em 2017

Sabendo disso, acho que é correto afirmar que estar online é fundamental para o seu negócio. Mas como fazer isso de forma eficiente, sem dar um tiro no pé? Afinal, chovem na internet situações em que as marcas acabaram atuando de maneira errada, ganhando reclamações e perdendo clientes.

O caso mais recente de péssima atuação nas redes sociais foi a polêmica do Catraca Livre na cobertura do acidente com o time do Chapecoense na Colômbia, que, como resultado, fez com que a página perdesse aproximadamente 500 mil seguidores em dois dias. Um número que ainda tende a aumentar.

Pensando nisso, eu separei algumas dicas, insights e boas práticas para você utilizar e colher os frutos positivos em 2017. Está pronto?

Com quem você irá falar?

O primeiro e mais importante passo em um plano de comunicação é entender com quem você está conversando – quem é a pessoa que compra o seu produto/serviço? Quais são seus desejos e dores? O que ela busca? Quem é a pessoa que vai receber a sua mensagem, ou seja, seu cliente, sua persona. A criação da persona é o alicerce para o marketing digital da sua empresa.
Identificar e mapear a sua persona permite que você entenda o seu comportamento dentro e fora da internet, adequando assim, sua mensagem e linguagem e, claro, direcionando suas ações.

Em quais redes sociais deverá estar?

Estar presente em diferentes redes sociais é muito importante, porém, estar em todas as redes ao mesmo tempo é desnecessário.
Entender o comportamento da sua persona, não só durante o processo de compra, é o gatilho para que sua empresa atue de maneira assertiva nas redes sociais corretas. Não adianta dedicar tempo e empenho para postagens no Pinterest se a sua persona não está lá.
O pulo do gato é: estar onde a sua persona está, se relaciona e engaja.

Particularidades de cada rede

Mapa das Redes Sociais no mundo

Tendo isso em mente, você também precisa entender que cada rede social tem uma característica diferente; a forma e a dinâmica como as mesmas atuam sobre seu usuário são particulares.
Sendo assim é importante entender como adequar a sua linguagem em cada uma delas e aproveitar o máximo do potencial de engajamento. Veja algumas hacks para as mais conhecidas:

  • Twitter:

Atualmente, com 136 milhões de usuários ativos, sua principal característica é o dinamismo, a fluidez e a velocidade.
– Como maximizar sua atuação: Com frequência de postagens. No Twitter existe não EdgeRank, ou seja, todos os posts são exibidos, fazendo com que suas publicações não sejam notadas caso não exista a frequência de conteúdo.

  • Facebook:

A maior rede do mundo, também é a rede onde as pessoas gastam maior parte do seu tempo! É imprescindível que, independente da forma de atuação do seu negócio, sua empresa tenha uma página lá.
– Como maximizar sua atuação:  Aproveitar recursos como o Edge Rank e investir nos gatilhos desta rede podem ser a alavanca de vendas e da relevância da sua empresa em seu mercado de atuação. Entenda: antes de qualquer coisa, são pessoas conversando com pessoas; ser formal o tempo pode não ser legal. Seja descontraído, informal (na medida do possível) e entenda que humor inteligente é diferente de não levar nada a sério. Atuar de forma invasiva, tentando vender seus produtos todo tempo, toda hora é uma das piores coisas que você pode fazer, Facebook é baseado em interesse e não em intenção.
* Dica:  aposte em conteúdo visual, imagens, vídeos, gifs animados; esse tipo de material chama bastante atenção na timeline, fazendo com que os usuários, ao rolarem o feed de notícias, deem mais atenção e, consequentemente, aumentando o engajamento em suas publicações.

  • LinkedIn:

A maior rede profissional do mundo, tem como característica principal a geração de leads qualificados, dependendo do seu negócio.
– Como maximizar sua atuação: Participe de grupos que tenham sinergia com seu negócio e aproveite para publicar os blog posts de sua empresa. Lembre-se também: o LinkedIn é uma rede profissional, então mais formal que o Facebook.

  • Instagram:

A maior rede de compartilhamento de imagens do mundo, com um número aproximado de 500 milhões de usuários ao todo, 35 milhões só no Brasil.
– Como maximizar sua atuação: Compartilhar imagens, dados sobre seu negócio, dia-a-dia de sua empresa… As opções de utilização desta rede são infinitas. Além da facilidade do uso de hashtags, que aproximam usuários que ainda não conhecem seu negócio.

Importante lembrar: essas redes citadas são apenas a ponta do iceberg; as opções de atuação são diversas, e cada uma com sua particularidade. Entenda, primeiro, a sua persona e onde ela engaja mais e melhor, e aí sim, trace a sua estratégia de comunicação.

Redes sociais em 2017

Relacionamento com clientes

Ninguém gosta de ser mal atendido, não é mesmo? Dados mostram que 81% dos clientes abandonam uma marca devido a experiências negativas no meio digital.

Entenda que a rede social é uma das principais portas de entrada do cliente em seu negócio. Então nada de respostas prontas, dê o máximo de atenção, resolva as dúvidas de seu cliente o mais rápido que puder e, sempre quando possível, ofereça algo a mais para ele.

Peça feedback, ouça as críticas e sugestões e as utilize para melhorar seu atendimento e atuação. O cliente se sente prestigiado e mais próximo da sua marca quando nota que sua voz está sendo ouvida.

Planejamento

Para que as suas redes sociais tenham relevância, sejam criativas e atraiam o público certo, você precisa fazer um planejamento detalhado de atuação. Nesse sentido, o básico em que precisa pensar é:

  1. Primeiro de tudo: definir para quê a sua marca estará nas redes sociais e qual será a sua estratégia de atuação;
  2. Depois, identificar e analisar o comportamento do seu público nas redes sociais (quais páginas segue, o que publica, em quais horas está online etc.);
  3. Fazer uma análise apurada também da página dos seus concorrentes;
  4. Escolher as redes sociais que mais têm a ver com a sua persona e a sua marca, e nas quais fará sua atuação;
  5. Definir a identidade visual que será aplicada em cada uma delas e a voz que irá utilizar nas postagens;
  6. Planejar o conteúdo que será postado (claro, ele não será cravado em pedra, podendo mudar, mas é essencial pensar no conteúdo que quer passar e ter postagens agendadas);
  7. Após tudo estar online, monitorar e metrificar, SEMPRE! Vamos falar mais sobre isso a frente.

Depois disso, é muito importante realizar testes de assuntos e horários de postagens para otimizar suas ações. Você também pode investir em uma ferramenta de gerenciamento de redes sociais, pois ter o controle em um ambiente só facilita. e muito, o processo de organização em seu planejamento e ajuda a identificar o que funciona melhor, quando e como.

Metas

Ótimo, você entendeu que precisa atuar de forma eficiente nas redes sociais, mas como saber se está, de fato, conseguindo isso? É a hora da meta!

As metas em Marketing Digital são fundamentais para o desenvolvimento de qualquer estratégia, e o mesmo deve acontecer nas redes sociais. Só é possível melhorar o seu planejamento e, logo, sua atuação, quando tem dados confiáveis indicando o que deu certo e o que não deu, o que precisa e pode ser melhorado e o que o seu público está buscando.

Estabeleça metas atingíveis, entenda sua capacidade de produção de conteúdo e não se contente com a estagnação; a Internet é uma fonte infinita de informações, pessoas e oportunidades, busque sempre se inovar e estar um passo à frente de seus clientes e concorrentes.

Resumindo tudo o que eu disse nesse texto em um único parágrafo: entenda as particularidades de cada rede e como você pode alcançar seu público de diferentes formas. Planeje, teste e monitore. Não crie uma página no Facebook só para dizer que tem uma página!

Redes sociais bem administradas são a principal ferramenta para atingir sua persona, não perca a oportunidade de utilizá-las a seu favor e alavancar seu negócio.

Você sabe o que será tendência em 2017 nas Redes Sociais? Incluir as tendências certas no seu planejamento pode ser o pulo do gato para o seu crescimento!

Leave a Reply

Deixe seu comentário abaixo

[contact-form-7 id="14318" title="Fale com a Lilian Rios (Fim de Post)"]
Lilian Rios

Fale com a Lilian Rios

Especialista Inbound Marketing

o