O que é e o que não é marketing para empresas de tecnologia

O que é e o que não é marketing para empresas de tecnologia

  • 1
  • 29 de maio de 2018

Muitas empresas de tecnologia têm um setor, ou um colaborador, responsável pelas atividades de marketing. Mas não são todas elas que conseguem alcançar resultados efetivos na promoção de produtos, fidelização de clientes e fortalecimento da marca – pontos importantes para conseguir escalar o negócio. Você sabe porque isso acontece?

O marketing é o coração do negócio. Quando bem feito, ele garante que a empresa tenha êxito nas suas atividades e um bom posicionamento no mercado. Uma estratégia bem planejada é capaz de fazer com que pequenas empresas concorram com grandes organizações, provocar um aumento nas vendas e contribuir para o crescimento da marca como um todo. Mas, para isso, é essencial que, de fato, enxergue-se o marketing enquanto estratégia. Este é o diferencial que garante os resultados efetivos citados no começo deste post.

Acompanhe a leitura para saber mais sobre o que é e o que não é marketing para empresas de tecnologia e para descobrir alguns dos segredos sobre como ter sucesso com marketing digital e como gerar resultados!

Marketing enquanto estratégia: o que faz com que as ações sejam efetivas

Vamos começar pelo mais importante: marketing não é simplesmente promoção de produtos; é um conjunto de estratégias bem planejadas essenciais para a efetiva divulgação de produtos e serviços entre o público-alvo do negócio, o fortalecimento da reputação da marca, a criação de uma competição saudável entre as empresas de um mesmo setor e o crescimento das vendas. Em outras palavras, marketing é fundamental para que uma companhia tenha êxito na sua área de atuação.

Um dos maiores desafios das empresas de tecnologia é aprender como escalar o negócio de forma saudável e segura, sem prejudicar o andamento da empresa. O marketing digital é uma ferramenta que ajuda nessa tarefa, além de oferecer estratégias e planejamentos de comunicação direcionados para a obtenção de resultados efetivos.

Mas para que seja eficiente, é preciso planejamento estratégico. Identificar o público-alvo da marca, fazer um estudo de mercado e reforçar, por meio de ações bem definidas no plano de marketing, os valores e a missão da empresa são alguns dos cuidados que garantem o sucesso do negócio.

Se a sua empresa planeja ações de divulgação de produtos usando a intuição como base, por exemplo, então ela não está fazendo marketing. Muito provavelmente, também não alcança resultados consideráveis, uma vez que apresenta falhas na comunicação com a sua audiência-alvo, no acompanhamento dos resultados e na criação de conteúdos que poderiam contribuir para o fortalecimento da reputação da marca.

Veja alguns exemplos de ações que caracterizam um marketing bem-feito e de ações pouco eficientes, que não deveriam ser consideradas marketing:

Isso é marketing Isso não é marketing
Envio de e-mails segmentados, que respeitam a etapa da jornada de compra em que o cliente se encontra Envio de e-mails promocionais que não consideram quem são os destinatários
Publicação de conteúdos relevantes, que ajudam a fazer com que a empresa se torne referência na área em que atua Publicação de conteúdos aleatórios em redes sociais, que não estão de acordo com as principais dúvidas dos potenciais clientes da marca
Criação de site com elementos que ajudam a atrair o público-alvo da marca Criação de site pouco elaborado, com problemas de navegação, imagens pesadas e design que não se adapta a aparelhos móveis
Metas claras e específicas, que vão de encontro aos objetivos gerais do negócio Objetivos que não consideram a visão, a missão ou os valores da empresa
Resultados mensuráveis que influenciam constantes melhorias na estratégia Falta de acompanhamento dos resultados

Se você ainda tem dúvidas sobre como gerar resultados com as ações de marketing, o segredo está na forma como a estratégia é desenvolvida. Com base em pesquisa, que ajuda a identificar o público-alvo, no profundo conhecimento sobre os valores da empresa e em objetivos bem definidos e específicos. Isso é marketing eficiente, capaz de trazer resultados que levam ao sucesso do negócio.

O método SMART: como aprimorar a sua estratégia de marketing digital

Uma boa maneira de garantir que o seu negócio, de fato, faça marketing é utilizando conceitos como o método SMART. Este é um acrônimo em inglês para as palavras Specific, Measurable, Achievable, Relavant e Time-bound. Segundo ele, uma boa estratégia deve ser:

  • Específica – Com uma descrição detalhada do que se espera alcançar
  • Mensurável – Com métricas tangíveis, que ajudem a fazer uma boa avaliação sobre o retorno alcançado com cada ação
  • Alcançável – Com objetivos adequados ao orçamento e à capacidade da empresa
  • Relevante – Com conteúdo que agregue valor e que atenda às necessidades dos consumidores da área em que o negócio atua
  • Bem delimitada em relação aos prazos – Com tempo limite para cumprimento de cada objetivo definido, sempre considerando as necessidades gerais da empresa

Marketing é planejamento, é estratégia. Os resultados chegam quando há investimento de tempo na criação de ações bem elaboradas, pensadas para o público-alvo certo, com base em muita pesquisa. Marketing não é intuição ou ações aleatórias, realizadas sem controle ou embasamento em dados sólidos. Saber isso é essencial para que a sua empresa saiba como ter sucesso com marketing digital, como gerar resultados e alcance o posicionamento esperado no mercado.

Fazer marketing da maneira correta é fundamental, mas é preciso ir além: saiba como identificar os resultados de marketing que realmente fazem sentido para sua empresa.

Leave a Reply

Deixe seu comentário abaixo

[contact-form-7 id="14318" title="Fale com a Lilian Rios (Fim de Post)"]
Lilian Rios

Fale com a Lilian Rios

Especialista Inbound Marketing

o