O guia completo para usar o Google Analytics

O guia completo para usar o Google Analytics

  • 1
  • 6 de julho de 2018

Para aqueles que querem potencializar a atuação do seu negócio no ambiente digital e manter uma análise constante dos resultados, o Google Analytics é uma excelente ferramenta. Google Analytics e marketing digital andam lado a lado para a construção de estratégias aderentes e planejamentos que gerem respostas positivas. Mas como toda ferramenta, é preciso saber utilizá-la da forma correta para obter os resultados desejados.

Para garantir um bom desempenho do planejamento de marketing digital é preciso validar as estratégias traçadas, estabelecer uma comunicação que esteja cada vez mais alinhada com a sua empresa, entender o seu público e estar constantemente analisando os resultados como: número de acessos, páginas mais visitadas no site, infos sobre o público e etc. E é justamente por isso que o Google Analytics se posiciona como uma ferramenta eficiente, ele ajuda o gestor a realizar essas e muitas outras ações que são importantíssimas para o fluxo de análise e melhorias do site.

Ao contrário do que muitos pensam, utilizar a plataforma não é um bicho de 7 cabeças, e você pode fazer isso. Neste texto vamos falar mais sobre como usar o Google Analytics e os benefícios que essa ferramenta pode oferecer para o seu negócio.

Mas afinal, o que é Google Analytics?

Antes de começar usar a ferramenta na sua estratégia digital é preciso entender o que ela é e como o Google Analytics funciona. Ela ajuda no sucesso do seu site por diversos motivos, um dos principais é porque te auxilia a estabelecer o perfil correto do seu público e entender como ele se comporta no ambiente digital

O Google Analytics é uma plataforma que realiza a análise de dados online, coleta informações dos visitantes de um site e gera relatórios com os indicadores mais relevantes para a análise do gestor. Por meio de um código inserido nas páginas do site, o Google reúne informações como o tempo de permanência do visitante no site, a fonte de tráfego, os termos mais pesquisados, entre outros.

Já há alguns anos ele vem consagrando-se como a principal ferramenta entre os gestores e analistas de canais digitais. Ele ajuda a analisar o real desempenho do site, o andamento das campanhas e os resultados das ações digitais. O Google Analytics é uma ferramenta bem completa e possui uma série de funções, por isso a necessidade de entender melhor como ela funciona e os benefícios que ela pode gerar para a sua empresa.

Google Analytics como funciona?

Entender o funcionamento da ferramenta é essencial para conseguir utilizar com propriedade todas as funcionalidades que ela pode te oferecer, e olha que não são poucas. No Google Analytics você irá encontrar um repositório de informações úteis e relevantes para o seu site, além de conseguir coletar diferentes dados para aprimorar o seu negócio no ambiente virtual.

Primeiros passos

Antes de mais nada é importante frisar a necessidade de criar uma conta no Google Analytics, que é feita através de um e-mail e senha (do Google) associados a ela. Depois seguem os primeiros passos que consistem em estabelecer uma propriedade para conta (especificar se ela será direcionada para um website ou aplicativo) além de um ponto de coleta para os dados.

Configure o que o Google chama de Vista de Relatórios, são elas que irão oferecer uma visão filtrada das informações para que você possa analisar com mais objetividade os dados, como por exemplo todos os dados associados a uma região de vendas específicas. Feito isso, chegou a hora de adicionar o código de acompanhamento gerado pelo google, no seu site ou app, lembrando que o processo de inserção pode variar de acordo com o site (se ele foi feito em html, wordpress, etc).

Após ter realizados os primeiros passos que citamos acima, é necessário esperar 24h, aí sim você já poderá ver os primeiros relatórios gerados pela ferramenta. Existem dois principais que já se localizam logo na entrada do Google Analytics, como o resumo dos últimos 7 dias e as estatísticas “ao vivo”. Logo abaixo do gráfico, você poderá aplicar alguns filtros para visualização como: período de 28 dias, 90 dias e intervalos predefinidos.

Com uma interface limpa e didática, o Google Analytics possui uma barra lateral onde se encontram uma lista de ferramentas que irão te ajudar a entender diferentes indicadores e acessar relatórios mais detalhados, como: público, comportamento, aquisição e conversões.

Quanto melhor configurada a sua conta do Google Analytics estiver mais dados estruturados ela será capaz de oferecer, por isso é preciso fazer esse processo do jeito certo.

Principais métricas para análise

Existem algumas métricas que, para um iniciante, podem parecer confusas. Vamos falar um pouco mais delas para que você consiga realizar uma leitura mais clara dos seus relatórios e possa passar para as próximas etapas de análise com mais segurança e informações.

Como o Google Analytics é uma plataforma bem completa e oferece inúmeras funcionalidades, vamos citar aqui as principais ferramentas para que você possa estruturar uma análise de dados completa e gerar relatórios que realmente te ajudem no entendimento do seu negócio.

Página inicial do Analytics

Logo ao abrir o Analytics você encontrará gráficos de análise com as seguintes métricas:

  • Usuários: essa métrica indica o número de visitantes únicos (ou seja, se uma mesma pessoa entrar mais de uma vez no seu site não será contabilizado) que visitaram o site. Ela pode ser analisada por período ou por acessos em tempo real.
  • Sessões: essa métrica analisa o tempo que o visitante permaneceu no site, seja lendo algum conteúdo ou realizando alguma atividade específica. Vale lembrar que o Analytics não contabiliza usuários que abrem e fecham a página sem realizar nenhuma interação.
  • Taxa de rejeição: essa métrica é considerada uma das principais para a análise pois mostra a porcentagem de pessoas que rejeitam a sua página, ou melhor, não realizam nenhuma interação com ela.
  • Duração da sessão: essa métrica estabelece uma média do tempo que cada usuário permanece ativo no site. Por exemplo, se um blog contabiliza uma duração da sessão baixa, mostra que os conteúdos não estão prendendo o leitor.

Como você atrai usuários?

Um pouco mais abaixo você encontrará um espaço com algumas métricas importantes para conhecer o seu público, são elas:

  • Canal de tráfego: essa métrica te ajuda a entender de onde vem os seus usuários e quais as fontes externas que fazem com que eles cheguem até você como: Direct (Digitaram o endereço do site), Organic Seach (Vieram de buscas não pagas do Google), Social (Redes sociais), Referral (Sites ou blogs que apontaram ou indicaram a sua página), Outros.
  • Origem/mídia: mostra de onde vieram seus visitantes, quais sites ou redes eles usaram, como: Direct (Buscas diretas), Google/Organic (buscas não pagas no google), Facebook/Referral (Vieram de algum post ou referência do Facebook), Instagram/Referral (Vieram de algum post ou referência do Instagram), Outros.
  • Referências: mídias sociais ou aplicativos que levaram seu visitante até o site.

Mais adiante você encontrará outros gráficos que te ajudarão a ver e a entender a tendência dos seus usuários, o desempenho do seu site na retenção de visitantes, os horários de mais acesso, os países e regiões que mais acessam e o tipo de dispositivo mais utilizado (desktop ou mobile).

Outras ferramentas

Além dessas que citamos acima, existem outras ferramentas na barra lateral do Google Analytics que oferecem relatórios e métricas mais específicas para que você possa fazer uma análise mais completa.

Personalização: Você encontrará um campo logo acima da barra que te ajudará a criar painéis personalizados, relatórios personalizados, alertas e muito mais.

Relatórios: Logo abaixo você encontrará uma seção de relatórios que te ajudarão a ter uma análise mais precisa e específica dos seguintes itens:

  • Tempo real: Relatórios detalhados de visitas em tempo real (ótimos para e-commerce e sites de notícia). Essa página oferece um relatório instantâneo do seu site, é uma perfeita ferramenta para aplicar melhorias e detectar falhas de navegação.
  • Público: Relatórios detalhados sobre o público que visita seu site, mostrando detalhes sobre perfil, localidades, tendências de uso, análise de coorte e muito mais. Aproveite esses relatórios para saber se realmente está atraindo a persona da sua empresa.
  • Aquisição: Relatórios detalhados de onde o seu público veio, como sites, campanhas digitais, redes sociais, etc.
  • Comportamento: Relatórios detalhados sobre o que as pessoas fazem quando estão no seu site, como as páginas mais visitadas, o tempo de permanência, etc.
  • Conversões: Essa aba é bem utilizada por quem possui e-commerce ou realiza algum tipo de venda no ambiente digital. Ela oferece insumos e informações para cruzamentos de dados com vendas e oferece insights para futuras campanhas.

Como usar o Google Analytics?

Agora que você já entendeu as principais metas e ferramentas que o Google Analytics oferece, é preciso entender como usar a plataforma na sua empresa. Tudo começa com o estabelecimento de metas para que você consiga enxergar uma evolução e estabelecer objetivos de curto, médio e longo prazo.

Acessando a área do administrador, você conseguirá criar metas personalizadas que estejam alinhadas com as suas estratégias de marketing digital. Essa ação te ajudará a realizar uma análise mais precisa e obter dados mais concretos do retorno do seu planejamento.

Na coluna que recebe o nome de Vista de Propriedade você encontrará uma lista de itens e um deles são as Metas. Ao clicar você será direcionado para uma página bem didática que te ajudará a criar suas metas personalizadas. Atualmente, a ferramenta disponibiliza 4 tipos de metas, são elas:

  • Receita
  • Aquisição
  • Consulta
  • Engajamento

Além da opção de criar metas personalizadas.

O mais importante ao estabelecer e criar suas metas no Analytics é que elas te ajudem a visualizar o seu negócio com mais objetividade e facilidade, para então você conseguir entender quais ações atraem mais visitantes, geram mais clientes e convertem em vendas e benefícios para a sua empresa.

A interface do Analytics é bem didática e cada uma das opções recebem descritivos objetivos que te ajudarão mais na hora de escolher o seu. A ferramenta atende desde usuários mais técnicos até os leigos que precisam administrar o seu próprio negócio, então não tenha medo.

Benefícios da ferramenta

Você já conseguiu compreender como essa ferramenta funciona e as principais ações que ela realiza. Agora, se mesmo assim você ainda não se convenceu de usá-la, vamos citar aqui alguns benefícios que ela pode oferecer para a sua empresa.

Valida sua estratégia

Por meio da análise dos relatórios e o monitoramento constante das ações, o Analytics te ajuda a validar suas estratégias digitais, medindo se elas realmente estão oferecendo os resultados esperados.

Te ajuda a conhecer o seu público

Com uma extensa e detalhada ferramenta de análise de público, você conseguirá entender melhor as pessoas que visitam o seu site, e por meio das análises, até traçar tendências e compreender melhor o comportamento da sua persona.

É uma excelente fonte de insights

Com a análise dos relatórios e um entendimento mais profundo da persona, você consegue obter insights e criar novas ideias de campanhas digitais, seja em redes sociais, em sites parceiros ou até mesmo dentro do seu próprio site.

Te ajuda a medir o engajamento

Com as ferramentas de análise de público e duração das sessões você consegue ver o quanto realmente seus visitantes estão engajados com o seu site e quais páginas e/ou conteúdos recebem um número maior de visitas.

Oferece diretrizes concretas para ações

Entendendo melhor o que dá certo e o que não dá você consegue obter diretrizes mais assertivas para a realização de novas ações. É possível testar, medir e aprimorar, e isso serve tanto para o ambiente digital quanto o físico.

Ajuda a detectar falhas e erros no site

No mundo virtual renovação e aprimoramento constante são verdadeiros mantras para o sucesso. Com a análise completa do site, por meio dos relatórios, você conseguirá ver ver quais páginas estão dando problema ou precisam de ajustes e melhorias.

Você já sabe como usar o Google Analytics, as principais métricas que ele oferece e como ele pode te ajudar na organização e aprimoramento da sua estratégia digital. Agora, se a sua empresa ainda não utiliza essa ferramenta, está mais do que na hora de aproveitar os benefícios que ela oferece. Reúna sua equipe de marketing e digital e comece hoje mesmo a usar essa ferramenta poderosa para a sua estratégia de marketing digital.

Se você gostou desse texto, vai se interessar por Resultados, resultados, resultados! Como investir em Google Adwords para ter resultados orgânicos.

Leave a Reply

Deixe seu comentário abaixo

[contact-form-7 id="14318" title="Fale com a Lilian Rios (Fim de Post)"]
Lilian Rios

Fale com a Lilian Rios

Especialista Inbound Marketing

o