Mude a mentalidade dos colaboradores do setor de educação para a transformação digital

Mude a mentalidade dos colaboradores do setor de educação para a transformação digital

  • 1
  • 11 de abril de 2018

Uma instituição de ensino pode estimular a transformação digital por meio do engajamento de seus colaboradores, afinal, eles são o principal drive de mudança de qualquer organização. E estar melhor preparada é a chave para conectar-se com os clientes que buscam uma saída na educação, ou uma entrada para o mercado de trabalho.

Estimule seus colaboradores para abraçar de vez essa mudança e, se a pergunta for “como?”, nós podemos ajudar. Confira.

O primeiro passo é refletir

Ajudar seus funcionários a refletir e ter consciência é o primeiro passo. Você sabe o nível de conhecimento que possuem? É importante pontuar em quais pontos da transformação digital existem dúvidas relativas à funcionalidade, por exemplo. Só assim será possível esclarecê-las e informá-los sobre os processos que a compõem.

Sendo assim, invista em workshops direcionados aos empregados e sua capacitação em estratégias de transformação digital, para que eles possam gerenciar assertivamente as mídias e diferentes canais sociais, virtuais e a maior exposição da marca na internet como um todo.

É importante entender que a tecnologia é uma mão na roda para desenvolver a estratégia da empresa, mas a maneira como as empresas comunicam seus valores e ofertas, organizam e capacitam seus colaboradores vêm em primeiro lugar.

Isso acontece porque o público-alvo da instituição de ensino costuma ser jovem e antenado com bordões e tendências do mundo online, por exemplo. E é aí que entra a linguagem da marca!

Linguagem e comprometimento: como andam os seus?

Profissionais qualificados são capazes de analisar os comportamentos dos alvos de vendas e adequar a comunicação aos moldes que mais atraem seus alunos. Afinal, passar credibilidade e assegurar a qualidade do ensino ofertado são ótimos pontos para manter a relação com eles. Mas já pensou em ser parceira dos estudantes e de seus funcionários? Para isso, a empresa deve começar a estratégia de comunicação com base em:

  • Feedbacks. Ouvir o que os alunos têm a dizer é o melhor meio de alcançar as soluções de suas demandas, além de colocá-los como um guia rumo à postura ideal da marca. Afinal, se o seu público não estiver contente, quem estará?
  • Isso significa conhecer também o seu funcionário, viu? Capte as informações necessárias sobre eles como de seus clientes finais. Assim, será mais fácil identificar as motivações, expectativas e comportamentos a fim de atrair e reter talentos. Ferramentas como mapas da jornada diária, criação de personas, além de dados de pesquisa, é claro, permitem às empresas transformar positivamente a experiência dos colaboradores no ambiente de trabalho.
  • Resolução rápida de problemas. Não vale deixar os clientes pendurados no telefone ou sem respostas, certo? O mesmo vale para seus colaboradores. É importante demonstrar preocupação e capacidade em resolver certas coisas.

Organização da empresa

Toda a organização deve ter as estratégias de transformação digital alinhadas para alcançar objetivos de longo prazo. Por isso, reúna todas as áreas para identificar os problemas que a instituição pode estar encarando devido a um marketing digital pouco engajado a área de TI, SAC, jurídica etc.

Valorizar cada uma das áreas em função da transformação digital é de suma importância, já que apenas desenvolvendo ações concretas, planos de ação e gerenciamento de grupos estratégicos ela poderá acontecer com êxito.

É fundamental saber tudo sobre o mercado em que a empresa opera e delinear uma abordagem centrada nos perfis dos alunos e demais nichos de atuação.

  • Entender os serviços que apresentam resultados e basear-se nele para prosseguir com os projetos com foco nos objetivos da marca;
  • Destreza digital. Um novo design organizacional deve reunir talentos para um ambiente de trabalho virtual com desempenho claro e funcional. Aposte em equipes que possibilitem a inovação tecnológica, além de incluir pessoas que, não necessariamente, conheçam as linguagens de programação, softwares e ferramentas para converter a tecnologia em benefício para suas atividades, mas que têm ideias;
  • A empresa deve observar, analisar e consolidar a criação de demandas somando todos os setores.

Abuse de ferramentas digitais para criar essa estrutura, além de abrir as portas da instituição de ensino de dentro para fora: use o marketing digital para educação a favor dos funcionários e obtenha engajamento orgânico. Assim será mais fácil desenvolver uma alta performance.

Como você tem tratado da transformação da sua empresa?

Leave a Reply

Deixe seu comentário abaixo

[contact-form-7 id="14318" title="Fale com a Lilian Rios (Fim de Post)"]
Lilian Rios

Fale com a Lilian Rios

Especialista Inbound Marketing

o