O furor passa, mas a lição fica: você ainda pode aprender MUITO sobre inovação em negócios com Pokémon GO

O furor passa, mas a lição fica: você ainda pode aprender MUITO sobre inovação em negócios com Pokémon GO

  • 2
  • 2 de fevereiro de 2017

Pokémon GO fez um tremendo sucesso quando lançado e, apesar do furor já ter baixado, é possível ainda extrair muita informações úteis sobre inovação em negócios com o seu sucesso. E não estamos falando aqui apenas do seu caráter lúdico e da sua combinação de tecnologia e vida cotidiana. Fruto de pesquisas, planejamento, testes, organização, entre outros fatores determinantes para o sucesso de um empreendimento, o game se mostrou inovador antes mesmo de ter sido lançado e está cheio de lições que, se seguidas, podem impactar positivamente os resultados da sua empresa. Quer saber como?

4 lições de Pokémon GO para inovação em negócios

#1 Inovar é preciso

Pokémon GO uniu uma abordagem inovadora para um conteúdo tradicional e já consolidado. A marca e seus personagens existiam há mais de 20 anos. O que você precisa ter em mente foi a criação de algo novo, a partir de algo já existente (até a realidade aumentada, que vem com ainda mais força agora em 2017). Os dois elementos foram combinados e deram origem a um produto inovador: a realidade ampliada para caçar os monstros virtuais no campo real. Para você ter noção do sucesso, quando lançado, as pessoas passavam mais tempos dentro do aplicativo do que no Facebook, a maior rede social do mundo.

Comparação entre tempo de uso do Pokemon GO e outros aplicativos

Comparação entre tempo de uso do Pokemon GO e outros aplicativos. Fonte.

 A lição que fica desse item: que tal pensar um novo formato para o conteúdo que já existe a sua empresa? Adeque-o, quando possível, para as tendências com as quais a sua persona vem engajando. É sempre importante lembrar: dentro de casa, você pode ter os maiores especialistas do seu produto/solução, então eles são uma fonte rica de conhecimento que pode ser explorado de forma atrativa para o seu público.

#2 Procure alternativas para ganhar dinheiro

Nos primeiros meses após seu lançamento, o game para dispositivos móveis foi baixado por mais de 70 milhões de pessoas, gerando uma receita superior a 35 milhões de dólares para a Nintendo e a Niantic, responsáveis pelo Pokémon GO.

Apesar do download gratuito, os jogadores podiam comprar itens como pokébolas, o que gerou uma média de US$1,16 gasto por pessoa. Para se ter uma ideia, foi uma média superior aos 10 centavos diários gastos com iTunes. Sem contar patrocínios e investimentos de outras empresas, como o do McDonald’s no Japão, onde os restaurantes viraram Pokeststops para os usuários obterem itens, aumentando as ações da rede em 9,8% logo no anúncio da parceria.

Reflita: quais oportunidades você está deixando passar? Como otimizar suas ações para novos movimentos e novos canais que aumentem a sua rentabilidade? Observe a movimentação do mercado, pesquise empresas de fora, mantenha-se informado e não tenha medo de inovar.

#3 Renove-se

Lembra da parte da inovação? Pokémon GO baseou-se na tecnologia, mas não é só isso que um negócio ou projeto pode focar para ser inovador. O game uniu criatividade, planejamento e uma comunicação eficiente para garantir o bom andamento do jogo e isso pode ser usado em diferentes segmentos e não somente no tecnológico. A Nintendo, que vinha amargando índices negativos, conseguiu dobrar o seu faturamento em 2016 com essa ação.

É hora de ser honesto: sua empresa tem acompanhado as mudanças do setor ou parou no tempo? Como está a sua Gestão da Mudança? Você tem promovido troca de ideias entre colaboradores? Como os seus gestores encaram ações em canais inovadores? Seus processos vem sendo revistos constantemente? Qual foi a última vez que você investiu em um canal diferente dos quais está acostumado? Talvez seja a hora de deixar velhos hábitos para trás para conseguir se adequar a um cliente que está cada vez mais exigente e integrado as novidades tecnológicas.

#4 Aumente o interesse do público

Meses antes do lançamento oficial de Pokémon GO, criou-se toda uma atmosfera de ansiedade sobre o game. Expectativa em relação ao jogo, quais pokémons estariam disponíveis, como seria a jogabilidade, entre outros fatores, contribuíram com a publicidade da marca, aumentando o interesse do público. A força da história do jogo ajudou, porém se não houvesse essa estratégia de aguçar a curiosidade do público, não haveria tanta expectativa, logo, grande furor quando foi lançado.

Quando for lançar algum produto ou solução, pense em uma estratégia que antecipe essa ação e que ajude a gerar maior interesse sobre o produto.

Infográfico Importância da inovação para empresas

Importância da inovação para empresas. Fonte.

Pokémon GO, como você pode ver, é muito mais que um simples game que viralizou. O furor do jogo pode ter passado, mas ele é um excelente estudo de caso de como renovar uma marca, com tecnologia, criatividade, planejamento e ações estratégicas.

O mercado está cheio de cases que reúnem inovação, estratégia e resultados. Estude-os, analise o que eles têm de melhor e como adaptá-los a sua realidade. Não fique no lugar comum. Clientes gostam e apreciam empresas que se empenham em oferecer novas soluções para as suas necessidades todos os dias. Portanto, é hora de sair à caça de oportunidades para o seu negócio!

Gostou do que leu? Então curta nossa página do Facebook para receber sempre grandes insights como este, afinal, inovar é essencial!

Leave a Reply

Deixe seu comentário abaixo

[contact-form-7 id="14318" title="Fale com a Lilian Rios (Fim de Post)"]
<div role="form" class="wpcf7" id="wpcf7-f14318-o1" lang="pt-BR" dir="ltr"> <div class="screen-reader-response" aria-live="polite"></div> <form action="/inovacao-negocios-case-pokemon-go/#wpcf7-f14318-o1" method="post" class="wpcf7-form" novalidate="novalidate"> <div style="display: none;"> <input type="hidden" name="_wpcf7" value="14318" /> <input type="hidden" name="_wpcf7_version" value="5.1.8" /> <input type="hidden" name="_wpcf7_locale" value="pt_BR" /> <input type="hidden" name="_wpcf7_unit_tag" value="wpcf7-f14318-o1" /> <input type="hidden" name="_wpcf7_container_post" value="0" /> </div> <div class="cta-fundo-de-funil"> <div class="header-cta"><span class="foto-cta"><img src="https://agenciawck.com.br/wp-content/uploads/2017/01/foto-lilian-rios-da-agencia-wck.png" width="136" height="136" alt="Lilian Rios" /></span><span class="titulo-cta"> <p class="titulo">Fale com a Lilian Rios</p> <p class="sub-titulo">Especialista Inbound Marketing</p> <p class="descricao">o</p> <p></span> </div> <div class="form-cta"> <p><span class="col-full"><span class="wpcf7-form-control-wrap nome"><input type="text" name="nome" value="" size="40" class="wpcf7-form-control wpcf7-text wpcf7-validates-as-required" aria-required="true" aria-invalid="false" placeholder="Nome completo" /></span></span><span class="col"><span class="wpcf7-form-control-wrap email"><input type="email" name="email" value="" size="40" class="wpcf7-form-control wpcf7-text wpcf7-email wpcf7-validates-as-required wpcf7-validates-as-email" aria-required="true" aria-invalid="false" placeholder="E-mail" /></span></span><span class="col"><span class="wpcf7-form-control-wrap telefone"><input type="text" name="telefone" value="" size="40" class="wpcf7-form-control wpcf7-text wpcf7-validates-as-required" aria-required="true" aria-invalid="false" placeholder="(00) 0000-0000" /></span></span><span class="col col-last"><span class="wpcf7-form-control-wrap cargo"><input type="text" name="cargo" value="" size="40" class="wpcf7-form-control wpcf7-text wpcf7-validates-as-required" aria-required="true" aria-invalid="false" placeholder="Cargo" /></span></span><span class="col-half"><span class="wpcf7-form-control-wrap funcionarios"><select name="funcionarios" class="wpcf7-form-control wpcf7-select wpcf7-validates-as-required" aria-required="true" aria-invalid="false"><option value="Número de funcionários">Número de funcionários</option><option value="1 a 5">1 a 5</option><option value="6 a 10">6 a 10</option><option value="11 a 25">11 a 25</option><option value="26 a 50">26 a 50</option><option value="51 a 100">51 a 100</option><option value="101 a 200">101 a 200</option><option value="201 a 1000">201 a 1000</option><option value="Mais de 1000">Mais de 1000</option></select></span></span><span class="col-half col-last"><span class="wpcf7-form-control-wrap site"><input type="text" name="site" value="" size="40" class="wpcf7-form-control wpcf7-text wpcf7-validates-as-required" aria-required="true" aria-invalid="false" placeholder="Site" /></span></span><br /> <input type="submit" value="Quero falar com a Lilian" class="wpcf7-form-control wpcf7-submit om-trigger-conversion" /></p> </div> </div> <div style="display:none;"> <span class="wpcf7-form-control-wrap identificador"><input type="text" name="identificador" value="CTA - Fale com a Lilian Rios" size="40" class="wpcf7-form-control wpcf7-text" aria-invalid="false" /></span><br /> <span class="wpcf7-form-control-wrap c_utmz"><input type="text" name="c_utmz" value="" size="40" class="wpcf7-form-control wpcf7-text" id="cookieutmz" aria-invalid="false" /></span> </div> <p><script type="text/javascript"> function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d<c.length;d++){var e=c[d];while(e.charAt(0)==" ")e=e.substring(1,e.length);if(e.indexOf(b)==0){return e.substring(b.length,e.length)}}return null}try{document.getElementById("cookieutmz").value=read_cookie("__utmz")}catch(err){} </script></p> <div class="wpcf7-response-output wpcf7-display-none" aria-hidden="true"></div></form></div>