Entenda os desafios do Ensino Superior e como o marketing educacional pode ajudar a mudar esse quadro

Entenda os desafios do Ensino Superior e como o marketing educacional pode ajudar a mudar esse quadro

  • 2
  • 14 de fevereiro de 2018

O Ensino Superior brasileiro sofre com diversos problemas que refletem a má qualidade dos níveis básico, fundamental e médio escolares. Essa falha evidencia-se pelos reflexos do baixo investimento brasileiro no segmento. Entre eles, a baixa remuneração de professores e a falta de materiais necessários para o aprendizado, que abrange livros, computadores e laboratórios, são gritantes.

Parte dos estudantes universitários chegam à faculdade como analfabetos funcionais, o que dificulta o desenvolvimento individual e da classe trabalhadora por eles pretendidas. Segundo o estudo “Um Olhar sobre a Educação”, realizado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) em 2015, o curso de pedagogia representava 20% das matrículas universitárias. Um ciclo vicioso evidencia-se, uma vez que o profissional responsável pela educação não é qualificado.

Consequentemente, a privatização escolar e universitária vêm abrindo possibilidades àqueles que visam mudar as perspectivas econômicas por meio do acesso à educação. No entanto, a dificuldade de financiamentos, aquisição de bolsas estudantis e os altos índices de desemprego colocam as mensalidades como um obstáculo a mais para alcançar o objetivo futuro dos estudantes de média e baixa renda. Nas universidades públicas, a dificuldade de conciliar trabalho e estudo, além de taxas de transporte diário podem ocasionar ou catalisar a evasão do Ensino Superior.

Medidas devem ser tomadas para diminuir as dificuldades do acesso brasileiro à educação. O marketing digital para educação pode ser uma solução para evitar a inadimplência e aumentar a retenção dos alunos do Ensino Superior.

Entenda como o marketing digital para educação pode ajudar a diminuir esses danos

Grande parte dos brasileiros dedicam seu tempo à internet e efetuam pesquisas online. Assim, o público em busca de universidades pode encontrar as instituições que estão no ambiente virtual.

O marketing digital para empresas de educação, ou marketing educacional vai ajudar a levar materiais que permitam tirar as suas dúvidas sobre suas escolhas educacionais, atualizar-se sobre suas áreas além de promover interação entre grupos de interesse comum, dando uma forcinha na tarefa de como reter alunos.

Estruture um site com todas as informações institucionais e que dizem respeito aos cursos disponíveis. Garanta que os principais questionamentos do público sejam respondidos logo de cara. Dessa forma, o público terá a chance de planejar de maneira sólida seu investimento em educação e a empresa atrairá mais alunos com os quais já terá um laço de confiança estabelecido.

Além disso, o marketing digital para educação irá ajudar a instituição a entender o que os concorrentes estão fazendo, quais ações funcionam e adaptar suas ofertas. Ferramentas como o Google Analytics permitem a avaliação métrica de buscas e acessos, o que facilitará a destinação dos conteúdos de forma mais assertiva.

Ofereça conteúdos para cada etapa do funil: informações gerais, aspectos específicos, informações da empresa, etc. Cada cliente está em uma fase de sua busca e por isso é necessário oferecer diferentes informações.

Assim, além de sanar dúvidas dos estudantes, você consegue prestar serviços que os auxiliam a conciliar a rotina de estudos com demais atividades. Que tal apostar em disparo de e-mails personalizados de acordo com os perfis de cada carreira? Direcione o conteúdo mais relevante para nichos específicos.

As redes sociais podem transformar-se não só em canais de divulgação de materiais, mas também num serviço de atendimento ao cliente, através de mensagens e chats: instantaneidade é importante.

Além disso, aposte na estruturação de estratégias de marketing digital para empresas de educação na hora de aproximar-se do público-alvo:

  • Invista em um blog . Garanta que profissionais sejam consultados para a produção de conteúdos relevantes sobre educação e cursos respectivos oferecidos pela Faculdade. Soluções audiovisuais, artigos, infográficos, ebooks , entre outros, irão traduzir aos clientes em potencial que o que vocês oferecem é vantajoso.
  • Construa esses pilares com base em Search Engine Optimization, o famoso SEO , um conjunto de ferramentas e ações que vão ajudar o seu site a aparecer nas primeiras páginas dos resultados de pesquisa orgânica de ferramentas, como o Google.
  • Pense nos alunos que precisam de uma forcinha para estudar nos trajetos entre o trabalho e a faculdade, por exemplo. Assegure-se de levar conteúdos acessíveis por meio de smartphones e tablets. Vale analisar a possibilidade de desenvolver aplicativos ou redes que comportem fóruns de ajuda, monitoria online e aulas à distância.

Invista no marketing digital para empresas de educação para ajudar a entender como reter os alunos por meio do relacionamento.

Leave a Reply

Deixe seu comentário abaixo

[contact-form-7 id="14318" title="Fale com a Lilian Rios (Fim de Post)"]
Lilian Rios

Fale com a Lilian Rios

Especialista Inbound Marketing

o