Conheça 4 cases de sucesso de efetividade na comunicação e se inspire!

Conheça 4 cases de sucesso de efetividade na comunicação e se inspire!

  • 1
  • 15 de novembro de 2016

Phillip Kotler, um dos maiores especialistas de Marketing do mundo, afirma que as pessoas são expostas a uma média de 5.000 marcas por dia. Com esse número em mente, para se destacar e criar campanhas que realmente gerem valor, as empresas precisam de estratégias para se diferenciarem e obterem efetividade em sua comunicação.

Confira hoje exemplos de marcas que conseguiram desenvolver marketing efetivo e engajador, comunicando seus propósitos e obtendo resultados bastante positivos. Inspire-se para melhorar já a efetividade das ações de comunicação e marketing de sua empresa.

Exemplos de ações de marketing efetivo

1. Associação Brasileira de Transplante de Órgão

A ABTO tinha o desafio de estimular a discussão sobre a importância da doação de órgãos, bem como promover mais efetivamente essa prática no Brasil. Para isso, contou com a colaboração de Chiquinho Scarpa, que anunciou que enterraria seu carro de luxo no quintal de sua casa. Essa mensagem repercutiu rapidamente, causando indignação nas pessoas que não entendiam como alguém poderia enterrar algo de tão grande valor. No dia em que estava agendado o enterro, Chiquinho deu uma entrevista falando que as pessoas haviam achado um absurdo ele enterrar algo tão caro, mas que, na verdade, absurdo mesmo era enterrar órgãos, que têm o poder de salvar vidas.

Esse tema difícil e controverso – que algumas vezes é abordado de modo mais científico, sem gerar atenção e um genuíno interesse das pessoas, foi conduzido por uma campanha que conseguiu comunicar os propósitos e valores desejados – nada é mais valioso do que um órgão, e gerar engajamento e resultados: foi registrado um aumento de 31,5% no número de doações de órgãos em apenas um mês.

2. John Lewis

A John Lewis, loja de departamentos do Reino Unido, precisava criar uma campanha memorável, que se destacasse na mente de seus clientes perante tantas ações realizadas por outras marcas no Natal e que comunicasse o conceito de proximidade com o público. Para isso, foi lançado um comercial e uma ação no Facebook, onde crianças descreviam as características de presentes que estavam ansiosas para darem a seus pais. Quem descobrisse corretamente os presentes, teria a chance de ganhá-los.

Essa ação aumentou as vendas da loja e a lembrança de marca, com engajamento e transmissão do valor conquistados. Em pesquisa naquele período, 67% das pessoas afirmaram que depois de terem tido contato com a campanha, estavam mais propensas a fazerem compras na John Lewis, e outros 61% afirmaram terem conversado com amigos sobre o comercial. Assim, o conteúdo além de visualizado pelo cliente, gerou engajamento social e memória de marca.

3. New Balance

A New Balance precisava promover sua nova loja na cidade de Nova York. Ao invés de criar um comercial padrão, que “grava” a informação apenas por sua repetição, sem criar empatia ou uma ação que realmente faça seu consumidor conhecer a loja, a marca decidiu ir por um caminho inusitado.

A New Balance criou um aplicativo de realidade aumentada que desafiava os usuários a encontrar bastões pela cidade. Quem encontrasse um bastão e fosse na loja, ganharia um tênis na hora. No período da ação, a loja vendeu 40% a mais que o esperado, tendo registrado a visita de 13.000 pessoas apenas no primeiro mês de seu lançamento. A ação rapidamente virou motivo de conversa entre os nova-iorquinos e tornou-se viral, obtendo 75 milhões de visualizações.

Dica: continue aprendendo como utilizar o marketing digital para atrair clientes para suas lojas físicas.

4. Cheerios

No livro Loveworks, Brian Sheehan apresenta o caso de sucesso da Cheerios. O ramo de café da manhã é um negócio extremamente competitivo nos Estados Unidos, envolvendo mais de 250 marcas de cereais matinais. São 8 bilhões de dólares por ano, divididos entre as marcas que disputam a preferência das famílias americanas. Desde a década de 1940, a Cheerios disputa este mercado, sempre entre os líderes. A marca era vendida como o “primeiro e único” cereal de farinha de aveia feito para toda a família. Essa proposição racional sustentou a marca por duas gerações como a terceira da categoria, mas não estava mais sendo suficiente e a Cheerios estava perdendo clientes.

Para recuperar a sensação de pertencimento e conquistar o novo perfil de público, que desejava uma comunicação mais próxima e afetiva, a marca apostou na emoção e não na informação. O cereal foi mostrado então em situações de intimidade familiar e com uma linguagem mais descontraída e divertida.

Houve um aumento de 75 milhões de dólares em vendas/ano e a Cheerios passou do terceiro para o primeiro lugar entre os cereais matinais.

https://agenciawck.com.br/fuja-da-crise-7-estrategias-para-montar-um-bom-plano-de-vendas-em-2017/

Alcançando a efetividade em sua empresa

Em síntese, nos casos que compartilhamos, as empresas perceberam que para terem efetividade em sua comunicação precisariam desenvolver uma ação realmente impactante, com linguagem próxima de seu público e com potencial de gerar ação e mudança. Para isso, todas deixaram o lugar comum e buscaram soluções criativas para reduzir o ruído de marketing que ações mais padronizadas poderiam gerar.

Elas realizaram marketing efetivo, conhecendo bem suas personas e desenvolvendo campanhas atrativas e com alto potencial engajador. Mostraram que, conforme Kotler afirma, o consumidor hoje precisa ser visto de modo mais integral pelas marcas. Uma última dica de Donald Caine, especialista em comportamento, que pode ser valiosa para sua empresa planejar suas próximas ações de marketing é: “a diferença essencial entre a emoção e a razão é que a emoção leva à ação, enquanto a razão leva apenas a conclusões”.

Para obter mais efetividade e melhores resultados, continue no blog e aprenda sobre qual gatilho mental é ideal para a persona de sua empresa.

Que tal ser o primeiro a avaliar este artigo?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas
Carregando...

Leave a Reply

Deixe seu comentário abaixo

[contact-form-7 id="14318" title="Fale com a Lilian Rios (Fim de Post)"]
Lilian Rios

Fale com a Lilian Rios

Especialista Inbound Marketing

o