Como identificar o que é tendência ou necessidade para os resultados da sua empresa?

Como identificar o que é tendência ou necessidade para os resultados da sua empresa?

  • 6
  • 30 de março de 2017

A era digital trouxe consigo tendências momentâneas e enxurradas de informações que te  bombardeiam todos os dias. Com isso, viver na ansiedade de conseguir acompanhar todas as novidades acaba sendo comum na sua rotina. Acontece que, na esperança de trazer a tão sonhada melhora nos resultados da sua empresa, você acaba esquecendo o mais importante: as necessidades da sua persona e o verdadeiro impacto e valor que essas ações trarão para as estratégias e metas do seu negócio.

Essa ânsia acaba colocando você no modo executor: ao apagar incêndios constantes, o planejamento acaba sendo negligenciado por outras tarefas mais ‘urgentes’. Só que essa falta de rumo também afeta as suas metas e, quando você menos percebe, está gastando tempo realizando uma tarefa que não trará o resultado desejado.

Quando escrevi sobre as tendências para redes sociais em 2017, mencionei a importância de entender que seu planejamento e estratégias não podem estar enrijecidos; eles podem e devem ser reestruturados conforme a sua necessidade.

Se você se identifica com esse cenário, ou simplesmente precisa entender melhor o que realmente importa, eu vim para te ajudar a identificar a sua necessidade antes que seja tarde demais ;)

Como identificar qual é a minha verdadeira necessidade?

Você está sempre tentando se manter atualizado com as novidades do mercado e as tendências de marketing que vão surgindo durante o ano (e, claro, quer dar aquela incrementada positiva nos seus números). Então assim que uma febre acontece, você sai correndo para executá-la, sem pensar muito em metas ou planejamento, só focando nos resultados que outras empresas alcançaram. E qual não é a sua surpresa ao perceber que isso não funcionou para você? Não se engane, isso é mais comum do que você imagina.

Nada de atirar para todos os lados e sair executando tudo que surge de novo na internet, você precisa entender que analisar tendências e ver se elas conversam com a sua estratégia e a sua persona antes de aplicá-las trará um resultado muito mais satisfatório para o seu negócio do que simplesmente executá-las para estar dentro dessa onda. Está na hora de se questionar e compreender o porquê fazer o que você faz (ficou confuso? Aqui tem um conteúdo que vai te ajudar a entender melhor esse ponto).

Mantenha seus olhos nas suas metas – você levou um bom tempo se dedicando ao seu planejamento e estruturando as suas metas desse ano, e são elas que vão ditar e mostrar as suas necessidades, o que você precisa fazer para ter resultados reais.

Analise suas metas com uma frequência que te ajude a perceber se elas serão ou não atingidas (e se não forem, é importante que você consiga identificar porque isso não aconteceu). Com esse foco, é possível visualizar os problemas a serem resolvidos com antecedência, ganhando tempo para testar hipóteses e estratégias que revertam a situação ao seu favor.

Ao fazer isso, você estará muito mais conectado com o que precisa fazer e terá melhor visão de como alcançar isso, em qual tendência investir. Mas é preciso não ter pressa: ao identificar uma necessidade, pense antes de atirar para todos os lados.

O que é tendência e o que é necessidade?

Com o direcionamento adquirido do estudo do comportamento da sua persona, você consegue construir sua estratégia levando em conta o que realmente importa (sanar as suas necessidades refletindo positivamente nas suas metas) e estar melhor preparado. Logo, a sua estratégia apontará qual é a sua necessidade, o seu ponto de atenção.

Já as tendências são determinadas através do estudo do comportamento das pessoas, e a junção dos seus valores, desejos e necessidades. Pense em tendências como ações ou tarefas.

Ou seja, sua necessidade está diretamente ligada a sua estratégia, já a tendência é a ação que vai ajudar a otimizar os seus resultados.

Aqui na WCK – No final do ano passado, a produção de vídeos era apontada como a grande tendência para 2017. Nós resolvemos fazer alguns testes com a nossa persona, para ver como ela reagia a esse formato e os resultados foram extremamente positivos, então resolvemos investir ainda mais nesse formato (o Catadão é um reflexo disso!). Ou seja, antes de investir tempo e recursos em uma ideia, estudamos melhor quem ia ser impactado por ela.

Afinal, como escolher a tendência certa para suprir minha necessidade?

Segundo Richard Saul Wurman em “Ansiedade de Informação”, tomadas de decisões se tornam mais críticas à medida que aumenta o volume de informação, o que faz com que muitos profissionais encarem suas decisões com apreensão, porque elas implicam eliminar possibilidades. Ou seja, toda escolha gera também uma desescolha. E quando não se está completamente seguro dessa opção, o “E se…” passa a rodear nossas ações.

O segredo para processar informação é limitar seu campo de conhecimento dentro do que é relevante para sua empresa, escolhendo cuidadosamente que tipo de informação merece seu tempo e sua atenção.

Como estar mais seguro das suas decisões

O melhor caminho para tomar decisões assertivas, e que afetam positivamente os seus resultados, passa pelo consumo diário de conteúdo coerente com suas necessidades e relevantes para seu negócio gerando conhecimento pessoal que pode ser aplicado no seu dia a dia (temos um conteúdo que fala exatamente sobre como gerar resultados a partir do que você já sabe, vou deixar o link aqui para você!). Use o conhecimento que já possui como ponto de partida.

Confira mais algumas dicas:

  • Analise seus concorrentes, veja o que estão fazendo e que poderia dar certo pra você, assim como o que estão deixando de lado e você poderia explorar;
  • Estude o comportamento da sua persona, suas necessidades, desejos e dores para entender melhor a relação entre empenho [motivação] e desempenho [resultado];
  • Invista também em inteligência empresarial, construindo uma melhor visão do mercado;
  • Esteja atento às mudanças do setor, visite feiras e eventos relacionados e faça benchmarking;
  • E, acima de tudo, não tenha medo de pedir ajuda de um profissional para te ajudar a montar sua estratégia e construir um planejamento personalizado, assertivo e focado.

Lembre-se: deixe de lado o receio por ficar de fora de uma tendência em que todos estão apostando, mas que não faz sentido para sua persona e não atende as suas necessidades. Os resultados de outras empresas não são garantia de que uma mesma ação funcionará para a sua.

Você está pronto para dizer não para o que não faz sentido para você?

Leave a Reply

Deixe seu comentário abaixo

[contact-form-7 id="14318" title="Fale com a Lilian Rios (Fim de Post)"]
Lilian Rios

Fale com a Lilian Rios

Especialista Inbound Marketing

o