5 motivos pelos quais os visitantes do seu site não se tornaram clientes

5 motivos pelos quais os visitantes do seu site não se tornaram clientes

  • 2
  • 20 de setembro de 2016

Não é novidade que ter um site corporativo já se tornou uma necessidade para qualquer empresa que deseja obter sucesso. Afinal, estar online proporciona diversas possibilidades de negociação sem restrições de fronteiras.

No entanto, muitas dessas empresas não percebem os motivos pelos quais seu site não está trazendo a conversão de leads. Pensando neste assunto, separamos cinco motivos pelos quais os visitantes do seu site não estão se tornando clientes da sua empresa. Acompanhe os detalhes a seguir e veja como contornar este cenário.

O que faz um lead não se tornar cliente?

#1. Opções de contato pouco visíveis

Quando um potencial cliente acessa o site da sua empresa, é normal que ele tenha a necessidade de entrar em contato. No entanto, muitas empresas não deixam claramente visíveis esta opção ou quando possuem, elas geralmente aparecem somente em uma página de “Contato” ou “Fale Conosco”.

Neste caso, isto tende a dificultar a vida do visitante, que terá maior trabalho para contatar a empresa.

Para reverter este problema, recomenda-se ter diversas opções espalhadas pelo site que possam levar facilmente ao contato do lead com a empresa. Formulários no rodapé, banners na barra lateral ou até mesmo um chat instalado no site poderá fazer grande diferença para receber mais propostas.

#2. Falta de conteúdo

Em processos de vendas mais complexos ou em contratação de serviços, por exemplo, o consumidor costuma buscar muito mais do que preços baixos. Ele procura saber se a empresa realmente está apta a resolver o seu problema e a melhor forma da sua companhia demonstrar isto é por meio de conteúdos em seu site.

Bons conteúdos possibilitam atrair a atenção por meio da educação e criar engajamento com o potencial cliente. Portanto, investir em um blog corporativo vinculado ao site, poderá fazer a sua empresa se destacar e despertar maior interesse nos potenciais clientes.

Aqui você pode encontrar artigos para compreender melhor a importância do conteúdo para o seu site.

#3. Falta de Call-to-Actions

As Call-to-Actions representam a porta de entrada para que o leitor possa tomar uma ação após consumir o conteúdo do seu site/blog. Ou seja, é por meio deste recurso que sua empresa convida o potencial cliente a se cadastrar para receber notícias, baixar um e-book, assistir um vídeo e até mesmo entrar em contato para maiores informações.

Se sua empresa investe em conteúdo para o site, mas não inclui call-to-actions ao longo ou ao final dele, então o conteúdo perde o valor para a conquista de clientes. Afinal, o potencial cliente vai ler o seu conteúdo e no final, fechar a janela por não ter nenhuma instrução do que fazer a seguir.

#4. Redirecionamentos irrelevantes

Se você utiliza o serviço de links patrocinados (Google Adwords, Facebook Ads, entre outros) e não tem obtido resultados satisfatórios no processo de conversão, saiba que o problema pode estar no redirecionamento das URLs. Isto porque a maioria das empresas acaba redirecionando suas campanhas para a home do site, o que geralmente não é muito viável.

Neste caso, a melhor opção é enviar o visitante para uma página específica que contenha realmente o que ele está procurando ou conforme o que foi anunciado.

Esta prática tende a gerar melhores resultados na conversão de visitantes, pois ao ser mais específico você evitará que o visitante perca o interesse por não encontrar o conteúdo prometido logo de primeira. Além disso, este pequeno ajuste irá melhorar o custo-benefício dos seus investimentos nesses tipos de campanhas.

#5. Falta de planejamento em palavras-chave

O site da sua empresa recebe visitantes, mas será que o público está realmente interessado naquilo que ele tem a oferecer? Este questionamento pode surgir devido ao fato de muitas empresas não planejarem as palavras-chave dos conteúdos que são publicados em seu site. Assim, muitos usuários podem estar sendo direcionados para a sua página sem estar realmente buscando pelo que sua empresa oferece.

Para entendermos, basta imaginarmos um simples exemplo de e-commerce que vende bolsas, e na categoria escolar utiliza a palavra-chave “bolsas de estudo” para que seja encontrado nas buscas do Google. No entanto, se um usuário pesquisar por este termo, mas com o objetivo de encontrar bolsas de estudo de universidades, o conteúdo do e-commerce será completamente equivocado para ele. Percebe o problema?

O exemplo acima é muito simples, mas serve pra ilustrar a importância de se planejar as palavras-chave dos conteúdos para que o site da sua empresa receba o público realmente interessado no que você tem a oferecer. Portanto, vale a pena estar atento neste quesito.

E você, tem tido problemas para converter os visitantes no site da sua empresa? Compartilhe conosco, comentando abaixo:

Que tal ser o primeiro a avaliar este artigo?

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas
Carregando...

Leave a Reply

Deixe seu comentário abaixo

[contact-form-7 id="14318" title="Fale com a Lilian Rios (Fim de Post)"]
Lilian Rios

Fale com a Lilian Rios

Especialista Inbound Marketing

o